Rogue One ultrapassa US$ 1 bilhão em bilheteria

Neste último domingo, 22/01 Rogue One - Uma História Star Wars ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão em bilheterias se tornando o vigésimo oitavo filme a ultrapassar a marca. 

A história se inicia 13 anos antes da explosão da primeira Estrela da Morte. Seis anos haviam se passado após a extinção da Ordem dos Cavaleiros Jedis, o desaparecimento do jovem Jedi Anakin Skywalker, o surgimento do cruel Lorde Sith Darth Vader como também o fato do Imperador Palpatine ter transformado a República Galáctica no temível Império Galáctico. A galáxia agora se encontrava dominada pela ditadura, escravidão e opressão. O Império Galáctico, inicia então uma busca por pessoas que possam contribuir para a construção de uma super-arma.

Ainda criança, Jyn Erso (Felicity Jones) foi afastada de seu pai, Galen (Mads Mikkelsen), devido à exigência do diretor Krennic (Ben Mendelsohn) que ele trabalhasse na construção da arma mais poderosa do Império, a Estrela da Morte. Criada por Saw Gerrera (Forest Whitaker), ela teve que aprender a sobreviver por conta própria ao completar 16 anos. Já adulta, Jyn é resgatada da prisão pela Aliança Rebelde, que deseja ter acesso a uma mensagem enviada por seu pai a Gerrera. Com a promessa de liberdade ao término da missão, ela aceita trabalhar ao lado do capitão Cassian Andor (Diego Luna) e do robô K-2SO.

Nos Estados Unidos o filme arrecadou US$ 512,2 milhões. E US$ 449,1 internacionalmente, acumulando um total de US$ 1,011 bilhão. O longa atingiu a marca após 39 dias em cartaz. O que fez com que a Disney se torna-se o único estúdio a emplacar filmes com US$ 1 bilhão de bilheteria em 2016. Outros filmes produzidos pela Disney que ultrapassaram a marca foram Capitão América: Guerra Civil, Zootopia e Procurando Dory.

Revoltado por Natureza

Nenhum comentário:

Postar um comentário