Acordo é fechado e Disney anuncia compra de partes da 21st Century Fox

Finalmente após semanas negociações e notícias, a The Walt Disney Company confirmou nesta quinta, 14/12 a compra de algumas divisões da 21st Century Fox.

No acordo estão incluído a Twentieth Century Fox Film, Fox Searchlight Pictures, Fox 2000, os estúdios de TV, junto com os negócios internacionais de TV a cabo. A compra possibilita a criação de mais conteúdos para seu serviço de streaming que tem lançamento previsto para 2019. A negociação ficou no valor aproximado de US$ 52.4 bilhões. Fora que assumira algumas dívidas da Fox, estimadas em US$ 13.7 bilhões.

Empresas como Fox Business Network, Fox News Channel, FS1, FS2 e Big Ten Network seram separadas e formarão uma nova companhia, que será divulgada para seus acionistas em breve. 

Filmes e franquias renomadas como Avatar, X-Men, Quarteto Fantástico, Deadpool, A Forma da Água, novo longa de Guillermo del Toro, entre outras agora fica para a Disney. Na parte de TV o acordo inclui The Americans, This is Us, Modern Family, O Simpsons, entre outras produções. E canais como FX, Twentieth Century Fox Television e Fox21. 

Sobre as produções em si, o comunicado cita que a Disney tem agora filmes e franquias do estúdio, como Na parte de TV, que inclui , o acordo inclui  A Disney também assume a Fox Sports e as partes da Fox no Hulu.

Com tal compra a Disney pode finalmente oficializar dias das maiores franquias da Marvel no Universo Cinematográfico que são X-Men e Quarteto Fantástico. Assim podendo trazer os heróis desta duas franquias e seus respectivos vilões. 


Agora a Disney tem que aguardar o Departamento de Justiça autorizar e aprovar a compra. Pois, os reguladores federais podem bloquear a compra se considerar que a transação impede de algum modo a livre concorrência empresarial. Caso isso aconteça a Disney se comprometeu a pagar multa de US$ 2,5 bilhões caso a compra da Fox seja bloqueada. As duas empresas também concordaram em pagar US$1,52 bilhões se uma delas desistir do acordo por qualquer razão, exceto problemas regulatórios.

Unknown

Nenhum comentário:

Postar um comentário